sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Hip Hop amapaense é destaque nacional

Ultimamente o estado do Amapá tem sido protagonista de episódios nada agradáveis para quem vive nestas bandas de cá. Entretanto, a informação que noticiamos neste momento vem de encontro ao que a mídia local e nacional tem divulgado em relação aos escândalos, que parecem não ter fim.
O hip hop amapaense é o motivo desta alvissareira informação. Nada mais nada menos que cinco iniciativas do Amapá foram contempladas em todas as categorias da 1ª Edição do Prêmio Hip Hop (Prêmio Preto Ghoéz) do Ministério da Cultura.  Todos os projetos premiados são da Federação Amapaense de Hip Hop – FAHHP.
As iniciativas da FAHHP foram agraciadas nas seguintes categorias: Correria – Batalha Amapá; Escola de Rua – Resistência Hip Hop; Conhecimento – Hip Hop Invade e Debate a Universidade; Conexões – Afro-Ritmos e Personalidade – Poca.
 De acordo com João Ataíde, vocalista do grupo Afro-Ritmos, que mescla hip hop com ritmos tradicionais afroamapaenses, a premiação só veio reafirmar a atuação do verdadeiro hip hop amapaense e, sobretudo, demonstrar seu engajamento étnico-racial. Para Spaick, coordenador do Batalha Amapá, o prêmio reconhece o empenho da militância do hip hop no estado  e valoriza a atuação do movimento que usa a cultura como ferramenta de enfrentamento à vulnerabilidade social em jovens são condicionados. “Esse reconhecimento é pertinente pelo trabalho que o movimento realiza pelas periferias do Brasil e valoriza a correria dos militantes dessa cultura marginalizada”, afirma o grafiteiro Crazy, coordenador do Hip Hop Invade e Debate. Para o presidente da Federação Amapaense de Hip Hop, Poca, essa é uma forma de o governo federal reconhecer a importância do movimento hip hop, entretanto, representa apenas mais um obstáculo vencido na trajetória da cultura. “Muitas outras precisam ser superadas. O governo federal precisa compreender que esta premiação precisa ser recorrente e nós militantes precisamos mobilizar os estados a lançar seus editais específicos para o hip hop. Este é o nosso próximo desafio”, pondera Poca.
Prêmio Preto Ghóez contemplou 135 iniciativas em todo o país, distribuindo cerca de R$ 1,7 milhão.  Preto Ghóez - Márcio Vicente Góes, nasceu em 8 de outubro de 1971, em São Luis, no Maranhão. Em 1993, ele já estava montando a sua primeira banda de Hip Hop, a Habeas Corpus, que, em 1994 passou a se chamar Skina. Em 1996, o artista formou um novo grupo musical:  a Milícia Neo Palmarina que durou até 1998. Neste ano, Preto Ghóez desfez o grupo e criou a Clã Nordestino que gravou um único CD, a Peste Negra do Nordeste, e durou até a sua morte, que aconteceu no dia 09 de setembro de 2004, num acidente de carro em Santa Catarina. Preto Ghóez foi fundador de uma das principais organizações de hip hop no Brasil, o Movimento Hip Hop Organizado Brasileiro – MOHHB.

FONTE: 
ASCOM/FAHHP
Contato: 9117-6604/8124-2395/8127-9888

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Programação do VII FIM em Macapá e Santana




Caros e caras,


Estamos em meio a programação do VII FIM - Festival Imagem-Movimento.
Essa programação começou percorendo cinco municípios do estado (Porto
Grande, Serra do Navio, Mazagão Velho, Ferreira Gomes e
Tartarugauzinho) ontem, quarta 08, iniciamos o curso com o cineasta
pernambucano Camilo Cavalcante e agora, disponibilizo a vocês a
programação detalhada das ações que acontecerão a partir de
segunda-feira13.12. Programe-se e acompanhe os eventos do FIM 2010.
Tá tudo bem diversificado: muito filme bom, palestras, exposição, devoradores de vinil
e muita gente legal para conversar!
Não preciso nem pedir pra vcs nos ajudarem na divulgação né (interrogação)


O Festival Imagem-Movimento destaca que as parcerias estabeleciadas
são muito importantes para a ampliação e consolidação de suas ações.
Por isso agradecemos publicamente os parceiros: Sesc-AP, MIS-AP, Univercinema,
ABDeC-AP, FotoNunes, Bia Tur.

Programação 7º FIM

07 a 12.12 (terça-domingo)
Oficina de audiovisual com Camilo Cavalcante
- Oficina 01: Realização audiovisual (auditório do MIS);
Horário: das 15h às 18h


11.12 (sábado)
Clube de Cinema com Camilo Cavalcante
Horário: 18h30min-21h

11 e 12.12 (sábado e domingo)
FIM em Santana;
- Oficina de produção de curta metragem;
- Mostra Camilo Cavalcante;


13, 14, 15, 16, 17, 18, 19.12 de 2010 (terça a domingo):
VII FIM;

13.12 (sexta)
Mostra da Escola de Cinema de Cuba (auditório do MIS)
Horário: 19-21h

14. 12 (terça-feira):
 Abertura do VII FIM 2010 19-23H;
- Cortejo da Imagem, 18h, (Concentração no Teletubes, chegada no Teatro das Bacabeiras);
- Abertura da exposição de cartuns com o tema “cinema”, 20H, (Hall do Teatro das Bacabeiras);
- Mostra Acervo FIM , 21H, (no auditório do MIS, Teatro das Bacabeiras);

 15.12 (quarta):
 Mostra Acervo FIM nos Bairros 15-18H;
- Pedrinhas;

15.12 (quarta)
 Mostra FIM 2010 – 19-22H
Auditório MIS – 2º Piso Teatro das Bacabeiras

 16.12 (quinta)
Mostra Acervo – 19-22H
 Muralhas da Fortaleza

 17.12 (sexta) 18H:
 Palestra 18H-19H30MIN
Tema: Vídeo-arte, com Cristiana Nogueira (UNIFAP), no Auditório do MIS

Mostra FIM 2010 20-23H
Auditório MIS – 2º Piso Teatro das Bacabeiras

18.12 (sábado-domingo):
Palestra 02 - 19-20H30MIN
Tema: Deleuze e o Cinema, com Herbert Emanuel (UEAP), no Auditório da Fortaleza
Mostra Acervo FIM no Pacoval

 Virada Audiovisual, 22H
 A Festa do FIM, Arena Paint Ball
O FIM acaba quando vem a luz!
-Exposição projetada das fotografias  realizadas durante o festival.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

NUFOC* realiza sua 1a mostra de fotografia contemporânea

Pois bem, caros surfistas de web-ondas, a cena cultural amapaense tem dado vários e bons sinais de vitalidade. Essa euforia toda tem sido construída por  pessoas-grupos através da criação de espaços para debater , trocar e construir ideias.

Nesse contexto aí, amanhã acontecerá na Fortaleza de São José de Macapá uma série de palestras e exposições projetadas cujo o tema comum a todas é a contemporaneidade da fotografia ou a fotografia na contemporaneidade. Estarei em Ferreira Gomes pelo FIM e infelizmente não vou poder estar presencialmente lá, mas vai rolar umas imagens do meu trabalho de conclusão da especialização e um monte de coisa bem melhor que elas, então vai lá e ajuda a construir o debate, quando eu chegar me conta como foi!

Clique para ver maior
* Núcleo de Fotografia Contemporânea - UNIFAP

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Tartarugauzinho: diminutivo só no nome

O Festival Imagem-Movimento desfez as malas arrumadas para a viagem a Tartarugauzinho nesta segunda-feira, 29.11. A bagagem, como acontece em todas as ações do FIM, voltou mais cheia do que foi. É sempre um aprendizado tentar ensinar.

A turma que nos aguardava na cidade tinha uma idade média de 10 anos, uma molecada que logo se fascinou pelas imagens se movimentando na tela e depois se vendo na tela e tendo consciência do que e como foi produzido todo aquele resultado, se exite mágica, a encontramos lá por aquelas bandas.

Logo que chegamos na cidade fomos tomar banho no rio que dá nome a ela: "Tartarugauzinho". E, sem saber ainda, descobrimos algumas das locações centrais do vídeo que seria produzido e exibido no domingo.

Foi uma lenda, um grande encontro entre o rio e a floresta, lendas  e mitos, luz e sombra. Pronto, estava cumprida mais uma etapa do FIM 2010. Acabávamos de agir no terceiro município de nosso esforço por interiorização.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

4ª Exposição Olhar Ecológico


Nesta quarta-feira, 24, às 19 horas, no Sesc Centro, acontecerá a abertura oficial da 4ª Exposição Fotográfica Olhar Ecológico. O evento é promovido pela Faculdade Seama através de projeto interdisciplinar formado pelas disciplinas de Fotojornalismo e Jornalismo Ambiental.
A edição deste ano mostra que os alunos de jornalismo estão atentos as diversas nuances que envolvem o meio ambiente e a sociedade. A exposição é composta por trabalhos fotográficos bastante diversos. Ao longo deste semestre letivo, os alunos trabalharam oito temas distintos até chegarem ao resultado final que ficará aberto a visitação pública e gratuita até o dia 15 de dezembro em horário comercial.


As temáticas que integram a 4ª edição do projeto são:
- Asas da liberdade;
- Sabor açaí;
- Semeando o futuro;
- Mistérios do Amazonas;
- Afuá: o cotidiano da ilha;
- Lagoa poética;
- Reflexos;
- Olaria: do barro ao fogo;

Os coordenadores do projeto professor Alexandre Brito (Fotojornalismo) e professora Jacinta Carvalho (Jornalismo Ambiental) afirmam que a iniciativa traz várias contribuições a formação dos futuros jornalistas, dentre elas, destacam a possibilidade de os acadêmicos poderem sair do ambiente de sala de aula e entrarem em contato diretamente com a realidade que os circunda, por outro lado, “os alunos tem a oportunidade de compartilhar com a sociedade seus pontos de vista sobre esses diversos temas, é uma excelente forma de mostrar para a comunidade amapaense o que estamos produzindo e pensando em nosso curso de Jornalismo”, enfatiza Alexandre Brito.
Além da atração maior, que são as belas fotografias realizadas pelos futuros jornalistas, a abertura da exposição contará também com coquetel para convidados, música ao vivo e declamações poéticas para compor o cenário sonoro do criativo trabalho dos acadêmicos de Jornalismo do 6º semestre da Faculdade Seama.
Serviço:
4ª Edição da Exposição Fotográfica “Olhar Ecológico”
Abertura: 24.11.2010
Hora: 19H
Local: Sesc Centro
Entrada Franca

Para mais informações:
Prof. Alexandre Brito
8118 3510

Profa. Jacinta Carvalho
9905 3412

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

FIM inicia processo de interiorização

O Festival Imagem-Movimento inicia neste fim de semana (19 e 20 de novembro) uma ambiciosa missão: espalhar pelos 16 municípios do estado a semente do audiovisual e suas diversas possibilidades. Nesse momento inicial, os municípios Porto Grande, Mazagão, Tartarugauzinho, Ferreira Gomes, Serra do Navio, receberão duas mostras de vídeo e um curso de produção de audiovisual.

Essas ações iniciarão nesse sábado e domingo por Porto Grande e Mazagão Velho.A idéia maior é agir buscando construir uma ampla rede de grupos produtores de audiovisual no estado para fortalecer esse segmento cultural e canalizar esforços rumo a profissionalização e diversificação do audiovisual amapaense. Vida longa ao FIM!

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Audioteca com 2.700 audiolivros de acesso gratuito

Recebi esse material e posto aqui para ajudar a multiplicar a informação. Se o leitor for blogueiro, copie e poste em seu espaço, se não for, tá valendo também copiar e mandar para sua lista de contatos. Acessibilidade já!

A Audioteca Sal e Luz é uma instituição filantrópica, sem fins lucrativos, que produz e empresta livros falados (audiolivros). São livros que alcançam cegos e deficientes visuais, (inclusive os com dificuldade de visão pela idade avançada) de forma totalmente gratuita.

Seu acervo conta com mais de 2.700 títulos que vão desde literatura em geral, passando por textos religiosos até textos e provas corrigidas voltadas para concursos públicos em geral. São emprestados sob a forma de fita K7, CD ou MP3.

Se você conhece algum cego ou deficiente visual, fale do nosso trabalho. DIVULGUE!

Para ter acesso a nosso acervo basta solicitar o livro pelo telefone, escolhendo o título pelo site, e enviaremos gratuitamente pelos Correios.

A nossa maior preocupação reside no fato que, apesar do governo estar ajudando imensamente, é preciso apresentar resultados. Precisamos atingir um número significativo de associados, que realmente contemplem o trabalho, se não ele irá se extinguir e os deficientes não poderão desfrutar da magia da leitura. Só quem tem o prazer na leitura, sabe dizer que é impossível imaginar o mundo sem os livros.

Ajudem-nos, Divulguem!
Atenciosamente,

Christiane Blume - Audioteca Sal e Luz
Rua Primeiro de Março, 125- 7. Andar
Centro- RJ. CEP 20010-000
Fone:  (21) 2233-8007  (21) 2233-8007
Horário de atendimento: 08 às 16 horas
http://audioteca.org.br/noticias.htm

sábado, 13 de novembro de 2010

Clube de cinema exibe curtas alternativos hoje, sábado 13


O Museu da Imagem e do Som realizará hoje (sábado 13), em seu auditório no segundo piso do Teatro das Bacabeiras sessão do Clube de Cinema. Serão exibidos cinco filmes curta-metragem. A seleção desses trabalhos primou pelo experimentalismo que cada um apresenta no trato com os recursos que a linguagem cinematográfica possibilita.  Abaixo, os títulos e uma breve indicação de como se constrói sua narrativa.

Saturi Uso (17')
É uma sensível poesia visual. Um haicai cinematográfico;

Menino Japonês (18’)
Trabalha questões de privacidade, voyerismo, homossexualismo com um ritmo contemplativo;

Saliva (14’)             
Desenvolve seu enredo usando elementos metafóricos intensamente;

Eu te darei o céu (18’)
Traz uma edição consistente, além da interessante mistura documentário e ficção;

Os filmes que não fiz (18’)
Crítica hitária ao processo criativo do cinema sem ranços de eruditismo e com uma refinada metalinguagem.

As exibições começam as 18h30mim, com entrada franca. Apareça por lá. Boa sessão a todos.

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Show sinestésico

Cores alternadas atingiam fractalmente minha já torpe retina. Sons eloqüentes brotavam de uma percussão de ancestralidade tribal. Do baixo, saiam acordes de soslaio graves que transformavam o ambiente em um misterioso gabinete do doutor Caligari, ecos transcendentes, repórteres via lácteos do evangelho. Partituras também eram executadas pelas vibrações de finas cordas de um instrumento chamado violão e uma voz humana cantava em línguas estranhas, mas que eu, em minha letárgica ignorância musical, entendia. Essas são impressões que tive ao presenciar o ensaio do show "As Aventuras do Maluco Beleza no Reino do Avohai" de Silvio Carneiro e Banda Brasa Viva. O show trará o melhor das obras de Raul Seixas e de Zé Ramalho.Vai ser uma viagem essa história, eu estarei por lá, vocês deveriam pensar seriamente em ir.




Os detalhes:
Data: 05.11
A partir das 22H
Ingressos R$ 20,00 (mesa para 04 pessoas)
Local: Bar Crepúsculo (Complexo Turístico do Araxá)
Pontos de venda: Bar Crepúsculo e Bar Crepúsculo
Contatos: 8132-2705 ou 9126 1971

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Amapá comemora Dia Internacional do Cinema de Animação

Pelo terceiro ano consecutivo o Amapá comemora o DIA (Dia Internacional de Cinema de Animação), 28.10. No estado, três cidades receberão as mostras: Macapá, Santana e Itaúbal. Na capital a programação será realizada pelo FIM (Festival Imagem-Movimento) e pelo MIS-AP (Museu da Imagem e do Som do Amapá) e acontecerá no Teatro das Bacabeiras a partir das 16 horas.
O evento será composto por cinco mostras que atingem todos os públicos e primam pela acessibilidade:
·         Mostra para deficientes visuais (classificação livre);
·         Mostra para deficientes auditivos (classificação livre);
·         Mostra infantil (classificação livre);
·         Mostra nacional (classificação 12 anos);
·         Mostra internacional (classificação 14 anos);
Essa diversidade toda reflete um momento especial do cinema de animação no Brasil. Ele vem crescendo consideravelmente e já conta com público expressivo, além de editais de financiamentos específicos e cada vez mais cursos e mostras. Prova disso são as mais de 400 cidades que compõem o evento deste ano. No dia 28.10, quando os relógios marcarem 19H30MIN (horário local), todos os estados do Brasil estarão olhando para a tela sensibilizada por imagens animadas. É simplesmente o maior evento simultâneo de audiovisual do Brasil.
Por trás da data, no longínquo ano de 1892, portanto três anos antes do cinematógrafo dos irmãos Lumierre, Émile Reynaud iniciou um mundo mágico: realizou a primeira projeção do seu teatro óptico no Museu Grevin, em Paris, sempre lá não é mesmo? Os franceses inventaram o cinema da animação, a fotografia e o cinema. Essa projeção foi a primeira exibição pública de imagens animadas (desenhos animados) no mundo. Foi para comemorar esta data que a Associação Internacional do Filme de Animação (ASIFA) lançou o evento, contando com o apoio de diferentes grupos internacionais filiados. Em 2010 o Dia Internacional da Animação está sendo realizado em 30 países.
Além das mais de seis horas de filmes inéditos no Amapá provenientes de diversos lugares do globo, a programação do DIA conta com refinado tempero local: na ocasião será lançada oficialmente a programação do VII FIM (Festival Imagem-Movimento), evento audiovisual com DNA amapaense que está, assim como o DIA, comemorando sete anos de existência.
Então temos um bom programa para o dia 28.10, com certeza não vai faltar animação a todos os públicos que comparecerem ao Teatro das Bacabeiras. Agende-se, porque outro evento desses, só ano que vem.
Serviço:
DIA – Dia Internacional do Cinema de Animação
Data: 28.10.2010
Local: Teatro das Bacabeiras
Hora: A partir das 16H
        Entrada franca

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Deleuze, sobre o cinema

A essência de uma coisa nunca aparece no princípio, mas no meio, no curso de seu desenvolvimento, quando suas forças se consolidaram.

sábado, 18 de setembro de 2010

Hoje, oitava reunião do Clube de Cinema

Hoje tem Clube de Cinema no MIS, Teatro das Bacabeiras, segundo piso, a partir das 18:30. A tela receberá imagens dos títulos:
  • Metropolis;
  • O vaso;
  • O homem com uma câmera;
Entrada franca, apareçam e divulguem a boa nova;

Olhem aí a arte feita pela JJ pra dá uma força pro Clube de cinema, valeu!

terça-feira, 14 de setembro de 2010

(Pau) lista

Só pra registrar: ainda agora passei por um grupo de pessoas que conversavam entre si sobre política, tema comum em várias dessas circunferências retóricas desses dias . Bem, um dos membros do círculo é meu amigo e me chamou pra conversa. O que relato da mesma, é o fato de um deles, paulista, estar explicando pros demais, que a recente subida de Tirirca no pleito eleitoral de SP é, na verdade, um voto de protesto do paulista (ano) que, segundo ele, habitualmente "tem disso" e que não é, em hipótese alguma, um "desvio de conduta eleitoral" como acusava outro membro da conversa, criticando os paulistas que estavam falando mal de como o senado do Amapá e atualmente composto. Fala sério! Resgistrado.

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Bicicleta, bicicleta, bicicleta

Salve, cyber-leitores,

Nosso blog está se unindo ao movimento "Eu quero uma ciclovia"
Sabemos de n's vantagens que o estímulo ao transporte via magrela traz, mas precisamos garantir a segurança mínima aos ciclistas. Daí o movimento estar organizando para o dia 25 de setembro uma grande bicicleteata, com concentração, a partir das 15h, no Marco Zero do Equador, onde faremos um piquenique (todos devem levar frutas e líquidos não-alcóolicos) e término no Lugar Bonito. Na ocasião, promoveremos o abaixo assinado para que a lei estadual 1247 de 22 de julho  de 2008 deixe de ser letra morta.

Clique na imagem para vê-la maior

sábado, 4 de setembro de 2010

Amapá é o estado com menos projetos contemplados pelo edital de Micro-projetos da Amazônia Legal

Então, esse edital buscava financiar projetos orçados em, no máximo, 35 salários mínimos e cujos autores tivessem entre 17 e 29 anos . Dia primeiro último, o ministro Juca Ferreira divulgou, no Acre, os contemplados pelo edital. Veja aí embaixo como o bolo ficou repartido:


- 36 do Acre;
- 15 do Amapá;
- 91 do Amazonas;
- 198 do Maranhão;
- 166 do Mato Grosso;
- 175 do Pará;
- 59 de Rondônia;
- 29 de Roraima;
- 159 do Tocantins;

Percebam que o Amapá foi o estado da Região Norte com menos propostas aprovadas. Vale uma reflexão, sobretudo dos intelectuais e ativistas da cultura que em mesa de bar projetam tudo, sobre o porquê de esses números colocarem o Amapá com apenas metade dos projetos aprovados pelo penúltimo colocado, Roraima.

Sétima reunião da Sétima arte

Hoje acontece a sétima reunião do Clube de Cinema. O tema da sessão é "Curtas-metragem de Jorge Furtado". A projeção começa as 18:30. Quem tiver disposto a ver filminhos legais e participar de uma troca de idéias sobre cinema é só ir até o MIS (segundo piso do Teatro das Bacabeiras). Esperamos por voicê lá!

terça-feira, 10 de agosto de 2010

2º Colóquio amapaense de fotografia

O Museu da imagem e do Som (MIS-AP) divulga a programação do 2º Colóquio amapaense de fotografia.  Tem muita coisa bacana aí pra participar: mesa redonda, palestras, maratona fotográfica e mostra de portfólios de fotógrafos amapaenses. Os interessados devem ir ao MIS-AP (segundo piso do Teatro das Bacabeiras) e fazer sua inscrição nos horário indicados na imagem.
Clique na imagem para ver maior
Programação:
09 a 17.08
Inscrições para a “1ª Maratona Fotográfica do Museu da Imagem e do Som do Amapá”

18.08
10h – Divulgação do tema da “1ª Maratona Fotográfica do Museu da Imagem e do Som do Amapá”

19.08
Até 12h – Entrega das imagens impressas e em arquivo digital no MIS-AP;

20.08
18h - Mostra comentada de portfólios dos fotógrafos: Camila Karina, Chico Terra;
19h30min – Mesa redonda: O fotojornalismo Amapaense (Moderação: Alexandre Brito);
20h30min – Quebra café;
21h – Palestra: Memória e melancolia: um viés na história da fotografia (Cristiana Nogueira);


21.08
14h – Início da exposição do foto-varal;
18h – Mostra comentada de portfólio dos fotógrafos: Aog Rocha, José Vasconcelos;
19h30min – Fotografia: A vida afetiva das imagens (Palestrante: Herbert Emanuel);
20h30min – Quebra café;
21h - Palestra: A fotografia na arte contemporânea (Palestrante: José Vasconcelos);

Palestras:
A fotografia na arte contemporânea;
Resumo: A fotografia como meio expressivo pode ser utilizada de várias formas pela arte contemporânea. Nessa palestra serão discutidas algumas dessas utilizações, suas implicações estéticas bem como a atual interface arte, fotografia e tecnologia;

Fotografia: a vida afetiva das imagens;
Resumo: Essa palestra trará à tona as relações estabelecidas entre a fotografia e a memória, entre o olhar, o lembrar e as relações de afetividade que essa interação cria.

Memória e melancolia: um viés na história da fotografia
Resumo: Esta palestra aborda a questão da memória, do registro e do arquivamento, presentes na fotografia desde seu início. A partir de alguns exemplos de imagens de fotógrafos e artistas contemporâneos, traremos também o conceito de melancolia, baseado na questão da aura de Walter Benjamin.

O fotojornalismo Amapaense;
Resumo: Mesa redonda com fotógrafos e editores de fotografia dos vários jornais impressos e blogs do estado debatendo sobre o atual estágio do fotojornalismo amapaense, seus entraves e perspectivas;

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Cabeças

Ano eleitoral é uma época engraçada: Macapá já está cheia de cabeças sorridentes e "confiáveis" estampadas em carros e casas, pena que pouquíssimas delas sejam cabeças pensantes;

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

...

"As imagens que vejo, são minhas imagens , são imagens de mim."

sábado, 31 de julho de 2010

Trilha sonora da campanha de Marina Silva

Ouçam a trilha sonara da campanha de Marina Silva, com a Participação de Arnaldo Antunes. Acho que foi a música de campanha mais ousada que já vi (ouvi), nada de frases feitas, nem emulação de hits da moda. Muito bom! Tô pagando pra ver a primeira campanha presidencial no Brasil feita pela mobilização da sociedade civil. Veja lá o link!

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Mostra Índio Brasil pela primeira vez no Amapá

Macapá integrará um circuito de 111 cidades brasileiras que irão realizar a Mostra Índio Brasil -VIB 2010. O evento será realizado através de parcecia do projeto de extensão audiovisual da Unifap (Univercinema) com o Sesc-AP e será uma excelente oportunidade do público amapaense prestigiar o dinâmico e amplo universo indígena brasileiro. Durante a programação serão estimulados debates sobre as nuances da questão indígena nacional com a participação de pesquisadores do tema. A VIB 2010 acontecerá de 31 de julho a 07 de agosto, sempre as 18h, na Sala Charles Chaplin do Sesc Araxá (mesmo local onde acontecem as reuniões do Clube de Cinema).

sábado, 24 de julho de 2010

Visões sobre a logo da copa de 2014

Quando lançaram a logomarca da copa de 2014, fiquei imensamente frustado; nem tanto com o conceito que a peça exprime, mas com sua execução que, sinceramente, foi precária. Mas como a criatividade da galera não para nunca, olhem aí o que eu acabei de encontrar:

terça-feira, 20 de julho de 2010

Bastidores por Maksuel


“Em meu cérebro, coágulos de luz!”
Trabalhar nas férias: uma das minhas especialidades... 

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Curso básico de fotografia no MIS


Caros surfistas de pixels, estarei ministrando um curso de fotografia no Museu da Imagem e do Som, no período de 19 a 24 de julho, das 17 às 20h. São apenas 20 vagas na turma, portanto é bom se apressar. As inscrições são gratuitas e estão sendo feitas na sala do Museu da Imagem e do Som, no Teatro das Bacabeiras, mesmo local onde vai rolar o curso. Recado dado!

sábado, 26 de junho de 2010

Festival de cinema e vídeo rural

O audiovisual tem conquistado um espaço interessante nos mais diversos setores de atuação. Cada vez mais segmentos entendem sua relevância e eficiência quando o assunto é fazer circular informação. Hoje recebi, em nome do FIM - Festival de Imagem-Movimento, a divulgação do II Festival Nacional de Cinema e Vídeo rural de Piratuba que acontecerá entre 22 e 25 de setembro deste ano que, por sinal, tá passando rápido, hein?

E olhem, esse festival tem um formato bastante interessante. Serão premiadas  as categorias:
  • Melhor Filme de Ficção:  R$ 3.000,00;
  • Melhor Documentário:  R$ 3.000,00;
  • Melhor Reportagem de TV:  R$ 3.000,00;
  • Melhor Produção Amadora: R$3.000,00;
Além dessas categorias, que achei bem inteligentes, acessíveis, principalmente as duas últimas, a organização do evento ainda vai colocar bala na agulha dos trabalhos que tiverem:
  • Melhor Fotografia: R$ 3.000,00;
  • Melhor Trilha Sonora: R$ 3.000,00;
  • Produção que mais contribui com a Melhoria da Vida no Campo: R$ 3.000,00;
  • Produção mais engajada com a Questão Ambinetal: R$ 3.000,00;
  •  Produção mais engajada por Uma Causa Social: R$ 3.000,00;  
E, só pra arrematar, o festival ainda traz o concurso fotográfico com o tema: "O cotidiano na Vida do Campo". As imagens podem ser inscritas na categoria cor ou PB, com premiação para os três primeiros lugares em cada uma delas: R$ 1.000,00, R$ 700,00, R$ 500,00, respectivamente.

Como forma de aprimorar o nível técnico dos trabalho, o festival ofertará oficinas gratuitas para agricultores, profissionais e estudantes do meio audiovisual. As inscrições são na faixa até o dia 16 de agosto de 2010. Vai lá no site: www.festivaldecinemapiratuba.com. Boa sorte a todos.

  •  
  •  
  •  

terça-feira, 22 de junho de 2010

A "Branca de Neve" e o " Anão Gigante"

O jornalismo brasileiro está acostumado a ser paparicado pelos técnicos e jogadores da seleção brasileira de futebol. O mau humor da Rede Globo, que se iguala ao mau humor de Dunga, pode ser explicado pelos vários repórteres, técnicos e equipamentos deslocados pra África do Sul e que, a maior parte do tempo, filmam a frente do hotel da seleção ou vagueiam pelas ruas do país executando matérias que tentam, às vezes até com êxito, relacionar Copa do Mundo e cotidiano Africano, em função de Dunga fechar constantemente o treino.É bom lembrarmos, que a senhora Rede Globo, foi uma das responsáveis pelo linchamento moral impetrado a Dunga na Copa de 1990. Chumbo trocado dói?

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Mestrado em Comunicação da UFPA

Atenção graduados em comunicação: a UFPA está com inscrições abertas para sua primeira turma de mestrado em comunicação social até o dia 23.06.2010, nas linhas de pesquisa:
  • Mídia e Cultura na Amazônia: Estuda os processos interpretativos da mídia, na inter-relação com as identidades culturais, as redes sociais, a memória e o imaginário, que se efetivam no contexto da realidade amazônica;
  • Estratégias de Comunicação Midiática na Amazônia: Estuda os processos midiáticos como constituição de sentido. Pesquisa as diversas instâncias e formas desses processos como estratégias comunicativas, da produção à recepção, observando suas particularidades na Amazônia..
O processo de seleção é pesado, tem seis etapas, mas dá pra sobreviver:
1ª fase – Inscrição e homologação das inscrições;
2ª fase – Avaliação do Anteprojeto de Pesquisa (eliminatória e classificatória);
3ª fase – Avaliação do Currículo LATTES (eliminatória e classificatória);
4ª fase – Prova de Proficiência em Língua Estrangeira (eliminatória);
5ª fase – Prova Escrita (eliminatória e classificatória);
6ª fase – Entrevista e Defesa do Projeto (classificatória).

E a turma que for selecionada tem tudo pra ser uma senhora turma, já que são apenas oito vagas, quatro por linha de pesquisa. Boa sorte pra quem for encarar essa empreitada, bem que eu queria mas esse ano não vai rolar. Clique aqui para acessar o edital.